Sexta-feira Santa no Candomblé

A Sexta-feira Santa no Candomblé
Falar sobre as sexta-feira santa e os ritos oriundos e realizados na mesma na Candomblé. A necessidade de explicar de maneira clara a ligação e os vínculos existentes. Enfatizando os benefícios de se aproveitar um feriado em uma sexta-feira para culto a Oxalá.

Voltando ao passado para entender o que e o porquê a sexta feira da paixão no candomblé tem uma simbologia tão grande.

  • Na quinta feira a noite o povo de Candomblé vai para a roça de Candomblé para que acorda na sexta feira santa de branco e para começar a cumprir os preceitos.
  • O sincretismo direta ou indiretamente foi uma estratégia de resistência que nos deixou heranças culturais e litúrgicas no Candomblé.
  • Apesar de uma data cristã, a sexta feira santa também passar se uma data importante para o povo de axé.
  • Os historiadores acreditam que a partir da sexta-feira santa surgiu a sexta-feira como dia de culto à Oxalá. Para o povo de axé, toda a sexta feira é santa, é dia de Oxalá
  • Sendo que às 6h da manhã, os membros da comunidade guardo o jejum e compartilham o seu obi numa reza em agradecimento à volta dos Orixás guerreiros que lutam pelo bem.
  • Comem canjica, o ebô de Oxalá e no almoço um belo banquete com peixe para todos os membros que antes de comer fazem um reza também em agradecimento.
  • Algumas tradições também há a reza das 18h.
  • Isso simbolizado pelo ritual do Olorogun que foi realizado antes de começar a quaresma
  • O antigo costume oriundo da liturgia católica de:
    • se cobrir os Igbás durante a quaresma
    • Jejum até a hora da reza que precede o almoço da sexta feira santa
  • Os ritos de kura feitos e oriundos do Candomblé de Angola, que acredita-se ser ligado ao rito de Nkula praticado pelos povos Ndembu de Luanda.
  • Algumas casas após o período de quaresma é nesse momento que vai-se dar ossé nos Igbás
  • O candomblé ressignificou muitos ritos
  • Os preceitos da sexta-feira santa no Candomblé

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *